• home
  • sobre
  • contato
  • favoritos
  • 101 em 1001
  • 8 de março de 2017

    6 coisas que eu aprendi com o feminismo

    Créditos: Tumblr.
    Oi gente! Como vocês estão? Espero que todos bem. Eu vou bem, obrigada. E eu sei que já faz um tempinho, mas quero saber o que vocês fizeram no Carnaval, espero que tenham dormido bastante, já que o próximo feriado é só mês que vem. Agora, o ano definitivamente começou e é isso aí.

    Antigamente, eu tinha um pé atrás em relação ao feminismo pelo fato de não entender muito bem e achava besteira. Mas graças a muitas mulheres incríveis que acompanho, fui entender o verdadeiro significado. Pra quem não sabe, feminismo é um movimento social, que luta por equidade de gêneros. Não sou especialista no assunto, acho que a gente aprende um pouquinho a cada dia, mas resolvi listar algumas coisinhas que aprendi desde quando me assumi feminista. Vem ver: 
    1. Não tem nada de errado com o meu corpo
    Quem me conhece sabe que eu sempre tive alguns problemas com a minha autoestima, não gostava do meu cabelo e me achava magra demais. Depois de conhecer o feminismo e ouvir outras histórias sobre mulheres que também se sentiam insatisfeitas com si mesmo, principalmente pelos comentários alheios e deram a volta por cima, me fez parar com tudo isso. É claro que eu não sou a pessoa mais segura desse mundo, mas comparado há cinco anos atrás, estou muito melhor. Empodere-se! 💫

    2. Nós mulheres não somos rivais
    Sempre quando eu vejo algum vídeo sobre o feminismo, muitas mulheres falam que eram mais próximas dos homens pelo fato das mulheres terem sempre aquela rivalidade. Comigo nunca foi assim. Eu sempre fui mais próxima das mulheres, lembro que quando criança, eu sempre fui mais próxima das meninas da minha escola e a gente estava sempre juntas, mas é claro que com o tempo, a gente começa a ouvir que temos que ser A MAIS BONITA, A MAIS MAGRA, A MAIS SEXY e assim vai. Só que não. Nós temos que nos unir, porque juntas somos mais fortes. Vamos nos unir, mana! 

    3. Estupro não é culpa da vítima
    Sempre quando a gente ouve algo sobre uma jovem ou até criança que foi estuprada pelo pai, avô, que seja, tem sempre alguém que comenta algo do tipo "ah, mas olha a roupa que ela estava usando" ou "ela já deu pra todo mundo", e muitas vezes a gente acaba acreditando nisso. E não, meus amores. A culpa nunca é da vítima, se a gente disse NÃO é NÃO, viu? 

    Na manifestação Women's March, no dia 21 de Janeiro.
    4. Meu corpo, minhas regras
    A sociedade fala que não podemos usar roupas muito curtas, porque "estamos pedindo", que é feio mulher sem sutiã e que temos que usar ele porque se não os meninos vão ficar olhando para os nossos peitos, falam que a mulher usa maquiagem pra chamar a atenção ou até mesmo julgam uma mulher que fica com vários homens. Até mesmo os nossos cabelos. Antigamente, cabelo liso era o certo e cacheado/crespo o errado. E ainda bem que isso mudou e hoje em dia muitas mulheres vem assumindo os seus cachos, parando de usar sutiã, usando maquiagem porque elas querem e beijando quem elas bem entenderem. E o melhor de tudo, elas fazem isso por elas, sem a aprovação de ninguém. Afinal, o corpo é MEU e eu faço com ele o que eu quiser, viu?

    5. Lugar de mulher é onde ela quiser
    Tem gente que diz que lugar de mulher é em casa, cuidando do lar e dos filhos. Só que não. É claro que se ela quer fazer isso por vontade própria, tudo bem, afinal, lugar de mulher é onde ELA quiser, o problema é que a sociedade dita isso como regra. Falam que temos que nos comportar como mocinha, não usar roupa curta ou deixar de jogar futebol, porque não é coisa de menina. Só que nós cansamos e não somos obrigadas a absolutamente nada. 

    6. Equidade  igualdade
    Algo que defina bem isso é essa imagem. Igualdade é você dar a mesma coisa pra todas as pessoas, independente de como elas são tratadas. Já equidade é você observar as diferenças e tentar comparar essas diferenças e ser justo. Por exemplo, eu tenho dez balas e quero distribuir para cinco pessoas, só que dessas cinco, duas já tem uma bala. Igualdade seria eu dar duas balas para cada uma, sendo que duas delas ficariam com mais balas. Já equidade é eu dar uma bala para as outras pessoas que não tem, que são as outras três. Deu pra entender? 

    Feminismo é sobre empoderamento feminino, equidade social, política e econômica entre os gêneros, porque não precisamos garantir os mesmos direitos pros homens, afinal, eles já têm. Para entender melhor, assista esse vídeo ou leia esse post.

    Feliz dia da mulher, pra você, pra mim e pra todas nós que somos incríveis e lindas do jeitinho que somos. 💫
    Me contem o que vocês já aprenderam com o feminismo e o que vocês acharam do post, vou adorar saber.

    Beijos. 

    38 comentários:

    1. MANDS, TU É MARAVILHOSA!!!
      Concordo com tudo que tu disse sem tirar nem pôr. Uma coisa que eu ainda não entendia direito era a diferença de equidade e igualdade, mas aprendi agora com essa tua explicação. Obrigada, viu? Amei o post!
      Um beijão,
      Gabs do likegabs.blogspot.com ❣

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. TU QUE É MARAVILHOSA MULHERRRR <3
        Fico feliz que tenha ficado mais claro agora. Capaz, estamos aí! Eu que agradeço por tudo!!
        Beijão!

        Excluir
    2. Bacana seu post!
      Eu não me considero feminista, mas não vou entrar em detalhes...
      Uma coisa que eu prezo é isso de que nós mulheres jamais temos que ser rivais e eu também sempre tive muito mais amigas mulheres do que homens.
      Parabéns pelo post! :)

      http://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Jamais temos que ser rivais! Hehehe bate aí \o/
        Que bom que gostou guria, fico muito feliz! <3
        Beijão!

        Excluir
    3. Concordo com tudo o que disses-te! Nós só queremos mesmo é igualdade :)
      Beijinhos <3

      www.losingmamind.blogspot.pt

      ResponderExcluir
    4. Adorei toda a explicação. Vou confessar que não sou mt adepta do movimento, mas gosto bastante de ler sobre. Essa de equidade e igualdade eu não conhecia! Acho que a mais importante, pra mim, é a do meu corpo minhas regras :)

      Beijos!
      http://tipsnconfessions.blogspot.com

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Que bom que gostou, Raquel! Eu fico bem feliz.
        Nosso corpo, nossas regras <3
        Beijos!

        Excluir
    5. Acabei de fazer um post muito parecido e tudo isso é exatamente oque eu penso. Eu odeio essa desigualdade social que vem de sempre e até hoje não muda. Os homens e até algumas mulheres tem um pensamento tão velho que eu fico triste, temos todas as manifestações e toda essa informação na net ai, porque que ficam com esse pensamento de que mulher precisa cuidar da casa, queremos independência caramba.
      http://atdaytime-crazyatnight.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. É? Que bacana, vou lá ver depois, Vi.
        Eu também odeio! Sim, é muito triste ver coisas assim, mas acredito que com essa nova geração, podemos mudar, nem que seja um pouquinho.
        Beijos!

        Excluir
    6. O bom é que sempre tem coisas para ainda ir aprendendo...
      Eu sou a pessoa mais 'ame-se' que existe. Vivo dizendo que os outros tem que gostar deles como são, que cada um é perfeito a sua maneira mas eu não me enxergo assim. Vai entender, hahah
      Beijo!

      Sorriso Espontâneo

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Verdade, Bê! =)
        Sou assim também guria, hahahah. Tenho os meus altos e baixos sempre, fazer o que? Hahahah. Tu é incrível!!
        Beijão!

        Excluir
    7. Adorei as coisas que você citou ai, eu agradeço muito pela minha familia sempre ter me incentivado, mas quando crescemos, infelizmente muitas pessoas falam que não somos possiveis.
      madrugadaestrelada.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Bem isso, Marjorie!
        Quando a gente cresce, tem sempre alguém tentando desmerecer a gente, triste realidade. Mas nós somos incríveis <3
        Beijão!

        Excluir
    8. Sim, sim e sim! Concordo muitíssimo, e essa questão da diferença entre igualdade e equidade deveria ser algo bem mais explicado, porque muita gente ainda parece não entender a lógica da coisa.

      Adorei, beijos <3

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Uhul! Fico muito feliz que tenha gostado, Isa <3
        Beijos!

        Excluir
    9. Oi Amanda! Não sou feminista mas amei o seu post e o seu jeito de escrever. O caminho para melhorar o mundo, independente do movimento, é mesmo a equidade! Beijinhos e um ótimo fim de semana!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi, Maiele!
        Nossa, fiquei muito feliz lendo isso. Muito obrigada, querida! E equidade é tudo que precisamos sim! Um ótimo fim de semana pra você também.
        Beijos!

        Excluir
    10. Eu amei esse post e quero compartilha-lo com o mundo porque TODO MUNDO PRECISA LER ISSO. ♥
      Feliz dia da mulher para nós <3
      https://primaverasinesqueciveis.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Coisa mais querida! Fico muito feliz.
        Obrigada, viu? <3
        Beijão!

        Excluir
    11. Que post mais encantador! <3
      Meus olhos brilham sempre que vejo postagens feministas. Espalhar a palavra do movimento é um passo muito importante que nós, blogueiras, temos a incrível oportunidade de fazer, né? Nas redes sociais também é válido falar sobre o assunto, mas nada melhor do que ler um post tão cheio de amor e tão verdadeiro como esse, rs.
      Cada itenzinho dessa lista me fez lembrar de uma época em que eu também não sabia direito o que era o feminismo e, infelizmente, compactuava com o machismo. Agora que nós sabemos o quão incrível é fazer parte desse movimento, parece que tudo tem um novo sentido, né? Nós já não seguimos padrões que nos foram impostos de tal maneira que nem percebíamos a imposição, achando natural aquilo. Nós questionamos as "regras" e nos impomos sobre nossos corpos, nossas mentes, nossas vidas. Não há palavras que expressem o quanto eu me sinto livre hoje! <3
      Esse post tá maravilhoso, Amanda. Parabéns! <3

      🌸 literarizandomomentos.blogspot.com 🌸

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Mi, sua linda! Sempre bom te ver aqui.
        Eu não tenho nem palavras, você já disse tudo e mais um pouco. Fiquei muito feliz lendo esse comentário e concordo com cada palavrinha dele, de verdade. Tchau para as regras e oi para a liberdade!
        Muito obrigada! Fico muito feliz com cada comentário teu aqui. <3
        Beijos!

        Excluir
    12. Aê, mais um blog de uma feminista para eu ter contato <3
      Uma vez eu fiquei confusa porque eu disse que feminismo queria equidade e não igualdade e alguém disse, "não, é o contrário", e eu fiquei tipo "what?", mas aê você me confirma, é equidade que o feminismo quer mesmo, não é isso?
      Eu tenho sofrido muito na faculdade porque tem uns meninos bem machistas na minha turma e eles ficam postando besteira no grupo do whats da turma para provocar as meninas, um dia eu revidei e eles responderam "Feminista?" como se só uma feminista pudesse se incomodar com mulheres sendo desrespeitada, fiquei tão puta que quase sai da faculdade por isso, tenho alguns probleminhas psicológicos e sou muito sensível aos problemas da sociedade sabe? Qualquer coisinha negativa ja bate aquela vontade de deixar de viver... É muito difícil, af.
      Enfim, adorei te conhecer, vamos manter contato!
      Beijos e até mais :*
      http://www.thesecretshoot.com/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Obaaa! Mais uma <3
        É equidade sim, Mari. Nossa, que gente mais desnecessária. Mas tenta não ligar e foca no curso, esse tipo de gente é cabeça fechada e não adianta nem perder a cabeça.
        Te entendo sim! Ser sensível num mundo de brutalidade é um fardo, né? Eu também adorei te conhecer e vamos sim, Mari <3
        Beijão!

        Excluir
    13. Amei o seu post, eu admiro muito esse movimento e gostei muito de saber mais sobre ele.
      Mil beijos!
      http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/2017/03/colecao-de-tenis-new-balance-de-bela-e.html?m=1

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Obaaa! Que bom guria, fico muito feliz!
        Obrigada! <3
        Beijos!

        Excluir
    14. Gostei muito do post. :)
      Um beijinho,
      http://myheartaintabrain.blogspot.pt/

      ResponderExcluir
    15. Olá Amanda, tudo bem?
      Há muitas mulheres que não sabem muito sobre o feminino ou que têm uma ideia totalmente errada, por isso amei o post!
      Beijos!

      Http://excentricagarota.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi, Esther! Tudo sim e contigo? Espero que bem.
        Exatamente! E é muito triste isso, nós temos que nos unir. Que bom que gostou, fico muito feliz <3
        Beijão!

        Excluir
    16. Oi Amanda, adorei a explicação da diferença entre igualdade e equidade, eu não sabia a diferença. Que bom que você se identifica com o feminismo, todas as mulheres deviam, mas ainda vejo muitas que tem um certo preconceito por pura falta de conhecimento sobre o movimento.

      Blog aboutbooksandmore.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi, Cássia! =)
        Eu acompanho o canal da Vic Ferreira e lá ela fala bastante sobre esse assunto, eu adoro. Pois é... Infelizmente muitas não entendem muito bem.
        Beijão!

        Excluir
    17. O erro não tá no nosso corpo, tá na cabeça das pessoas que pensam quadrado. Só uma opinião mesmo, haha! Também sempre fui mais próxima de mulheres, não sei por quê, mas me sentia amiga antes mesmo de conhecer a mulher, sabe? Tinha amigos homens também, mas me sentia mais segura batendo papo com as meninas. E quando eu faço amizades, principalmente com meninas, trato como irmã mesmo, não tem restrição de assuntos, porque há respeito ali no meio, então acho erradíssimo quando vejo alguma menina xingando outra sem motivo. Sem motivo é quando a pessoa nem conhece a outra e já tá lá chamando de piranha e etc, só porque essa pessoa foi lá e falou com o boyzinho que a outra tava de olho e tal, essas coisas né? Que a gente já tá acostumada a ver sempre. Enfim, só sei que seu post ficou incrível, porque ficou objetivo e bom de ler. Vou compartilhar, tá?

      Beijos!
      www.likeparadise.com.br

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. É bem isso, Thami! Hahaha.
        Eu também! Sempre me senti mais vontade ao lado das meninas. Simmm! Vamos parar de xingar a mana sem motivo ou por causa do boy, por favorzinho. Temos que nos unir, porque juntas somos mais fortes!
        Fico muito feliz que tenha gostado, Thami! Muito, muito obrigada. Pode compartilhar sim =)
        Beijos!

        Excluir
    18. que post lindo ♥ uma das principais coisas que aprendi com feminismo, foi isso de mulheres não serem rivais. eu sempre fui do tipo que 'gostava de ter mais amizades masculinas, porque achava mulheres frescurentas demais' e hoje em dia eu vejo que não é bem assim, e muito do que eu pensava estava errado. isso de aceitar o próprio corpo tb é lindo, mas é algo que sei que não consigo 100% ainda.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Querida! Bem isso, muitas mulheres falavam que gostavam mais de ter amizades masculinas porque existia muita rivalidade entre as mulheres, mas nós temos que nos unir pra acabar com isso.
        Se aceitar é lindo, lindo! Vai conseguir sim =P
        Beijos!

        Excluir
    19. Este post é ótimo para ensinar a muitas pessoas o que é o feminismo! Ainda há muita gente que tem uma ideia errada acerca do mesmo :)
      Acabei de encontrar o teu blog e fiquei encantada, já estou a seguir**
      Kiss, Mariana Dezolt
      Messy Hair, Don’t Care

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Jura? Eu fico muito feliz com isso, espero que esse post ajude nem que seja um pouquinho alguém.
        Muito obrigada, Mari! <3
        Beijos!

        Excluir

    © Quebrar o Silêncio - 2016 | Todos os direitos reservados.
    Desenvolvimento por: Fairy Dream Design | Tecnologia do Blogger.
    imagem-logo