• home
  • sobre
  • contato
  • favoritos
  • 101 em 1001
  • 29 de julho de 2015

    3 Filmes que assisti recentemente e amei


    Oi gente! (). De uns dias pra cá, eu assisti 3 filmes que eu amei demais, tava até pensando em fazer uma resenha pra cada um, mas daí ia ficar muitas resenhas seguidas, então, achei melhor fazer um post falando sobre eles, juntando tudo. Enfim, vamos ver. 

    1. O Impossível 



    Um dos melhores filmes que eu já assisti!! Uma amiga minha me indicou, dizendo que tava chorando com o filme, daí eu vi a sinopse, curti até e fui ver o filme, e foi a melhor escolha que eu tomei, ahahahah. Eu chorei horrores com esse filme, não conseguia me segurar. E ele não só mostra como tudo pode mudar de um dia para o outro, mas que também existem pessoas boas e que valem a pena nesse mundo. E a atuação de cada um nesse filme foi incrível, principalmente das crianças, fiquei surpreendida. Ai, não vou ficar falando muito, se não vou chorar de novo. Só uma palavra pra esse filme: Incrível. E ah, é baseado em fatos reais ;) 

    Sinopse: O casal Maria e Henry está aproveitando as férias de inverno na Tailândia junto com os três filhos pequenos. Mas na manhã de 26 de dezembro de 2004, enquanto curtiam aquele paraíso após uma linda noite de Natal, um tsunami de proporções devastadoras atinge o local, arrastando tudo o que encontra pela frente. Separados em dois grupos, a mãe e o filho mais velho vão enfrentar situações desesperadoras para se manterem vivos, enquanto em algum outro lugar, o pai e as duas crianças menores não têm a menor ideia se os outros dois estão vivos. É quando eles começam a viver uma trágica lição de vida, movida pela esperança do reencontro e misturando os mais diversos sentimentos. 

    2. Histórias Cruzadas



    Esse filme tava na minha lista faz um bom tempo, mas nunca tinha assistido, até que um dia, um amigo de uma amiga minha comentou e sei lá, deu vontade de assistir. Corri pra assistir, sorte que tinha na Netflix, e quando assisti me surpreendi. Me surpreendi com a atuação de cada um, mas principalmente com a história, de como as empregas negras eram tratadas. Imagina, ter um banheiro separado dos outros porque você é negra? Ou ter uma certa medida de quanto você pode usar o papel higiênico? É isso mesmo, e o filme mostra isso e muito mais. 

    Sinopse: Jackson, pequena cidade no estado do Mississipi, anos 60. Skeeter é uma garota da sociedade que retorna determinada a se tornar escritora. Ela começa a entrevistar as mulheres negras da cidade, que deixaram suas vidas para trabalhar na criação dos filhos da elite branca, da qual a própria Skeeter faz parte. Aibileen Clark, a emprega da melhor amiga de Skeeter, é a primeira a conceder uma entrevista, o que desagrada a sociedade como um todo. Apesar das críticas, Skeeter e Aibileen continuam trabalhando juntas e, aos poucos, conseguem novas adesões.

    3. Para Sempre Alice 



    Bom, esse filme digamos que foi o que eu "menos amei" nessa lista, porque eu esperava mais, acho que faltou alguma coisa, mas não é por isso, que ele deixa de ser bom. É um filme que trata de um assunto muito sério e que merece muito mais conhecimento. E a atriz Julianne Moore, que interpretou a personagem principal, arrasou! ;) 

    Sinopse: A Dra. Alice Howland é uma renomada professora de linguística. Aos poucos, ela começa a esquecer certas palavras e se perder pelas ruas de Manhattan. Ela é diagnosticada com Alzheimer. A doença coloca em prova a a força de sua família. Enquanto a relação de Alice com o marido, John, fragiliza, ela e a filha caçula, Lydia, se aproximam. 

    Bom gente, esses são os filmes que eu assisti recentemente e amei!! Assisti outros também, que eu adorei, mas vamos deixar esses para outro post, heheh. 
    O que acharam? Já assistiram algum desses filmes? 
    Beijos. 

    27 de julho de 2015

    Estilo de: Manu Gavassi

    C: Tumblr. 
    Depois de muito tempo, venho atualizar essa categoria, que por sinal, eu adoro. Amo procurar e selecionar os looks que eu mais gostei, e só também. Nada de maquiagem ou outra coisa. Por isso, hoje vim mostrar pra vocês os looks de uma pessoa que antigamente eu não gostava nem um pouquinho, ahahahah, é a Manu Gavassi. 

    Eu sempre digo que tenho uma relação de "amor e ódio" com a Manu Gavassi. Eu lembro que eu sempre gostei dela, mas depois de um tempo, de umas coisas que eu não concordei, passei a não gostar mais dela, mas sempre ficava ouvindo Garoto Errado, então, sempre foi amor, ahahhaha. Hoje em dia eu gosto da Manu, da pessoa que ela é e acho ela muito fofa. E também, a Manu é bem magrinha e é muitas vezes julgada por ser assim, sempre tem alguém com alguma piadinha, e depois de uma foto que ela postou no Instagram, dizendo pra gente amar o nosso corpo do jeito que for, e ler aquilo me fez tão bem, me identifico com ela na maioria das vezes. Fora que ela arrasa nos looks, por isso, o post de hoje, é sobre ela. 

    Acredito que não precisa de muitas explicações, não é? Acho que todos aqui devem conhecer a Manu. Ela também é muito conhecida pelas suas roupas, pelo seus diversos cortes de cabelo e até mesmo pelas suas maquiagens. A Manu mudou muito o estilo dela de uns anos atrás até agora. Se vocês derem uma procurada, vão ver, e eu achei que foi pra melhor, ahahah é sério. E fiquei sabendo que a Manu é gente como a gente: ela também gosta de personalizar as coisas. Tá, agora chega de papo e vamos direto para os looks:





    Todas as montagens foram feitas por mim, se pegar, credite. 

    É difícil escolher qual desses looks é o meu preferido, porque eu adorei todos. E a Manu me lembra muito o tumblr, ahahahah. E ah, deu pra ver que ela gosta bastante de acessórios, não é? 
    E me contem, o que vocês acharam do estilo Manu? Qual foi o look preferido de vocês? 
    Beijos. 

    25 de julho de 2015

    Resenha: Extraordinário


    Título: Extraordinário. Autora: R.J Palacio. Editora: Intrínseca. Número de páginas: 320. 

    Sinopse: August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso, ele nunca havia frequentado uma escola de verdade... até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência um, ele é um menino igual a todos os outros. 

    August é um menino incrível e louco por Star Wars. E sabe de uma coisa? Ele não parece ter apenas 10 anos de idade. Ele é tão maduro pra idade dele, as vezes quando eu lia alguns de seus pensamentos, eu ficava me perguntando se ele tinha mesmo essa idade. Fora que, ele tem uma base familiar incrível, que apóia ele sempre. Tem a sua mãe, Isabel, o seu pai, Nate, a sua irmã, Olivia (Via), que é super protetora e a sua cachorrinha tão amavél, a Daisy, que ao longo da história, você consegue ver o quão importante ela é na vida do Auggie, afinal, os cachorros não se importam com a aparência. E de todas as relações que ele tem, acredito que com a Daisy é a mais fofa, e vou confessar que em uma certa parte, caiu uma lágrima. 

    Outra coisa incrível que temos, é que o livro não é narrado só pelo Auggie, conseguimos ver o ponto de vista de outras pessoas diante dele, como por exemplo, a Via (sua irmã), o Justin (namorado da Via), a Summer (sua melhor amiga), o Jack (seu melhor amigo) e a Miranda (melhor amiga da Via e também amiga de Auggie). E assim, conseguimos entender um pouco o que se passa na cabeça de cada um deles.


    E como já era de se esperar, sempre quando tem alguém um tanto quanto "diferente", vem o julgamento e até mesmo o bullying, e isso aconteceu com Auggie. Sabemos que estudar em uma escola não é tão fácil assim, imagina pra alguém que tem deformidade facial? Então, imagina, com 10 anos de idade, ir para a escola pela primeira vez na vida? É, foi isso que aconteceu com ele. Você consegue perceber o quanto ele causa ao chegar em algum lugar, não só na escola, mas nas ruas, Auggie recebe "aquele olhar" das pessoas. Um olhar de surpresa misturado com medo. E ele consegue perceber a reação de todas essas pessoas ao ver e tocar nele. Mas Auggie consegue passar por todas essas barreiras, é claro que nem todos os dias são bons pra ele, assim como pra nós. 

    O livro não me pareceu nada clichê, ainda mais os personagens. É um livro bem diferente, tanto a história e até mesmo em questão da narração, que tem mais de uma pessoa narrando. E fiquei sabendo que é o primeiro livro da autora, e olha, ela mandou bem hein.

    Sou fã, tanto de filmes como livros, que dê alguma maneira te tocam e mudam alguma coisinha em ti. E sem dúvidas, Extraordinário é um dos livros que eu me senti assim. E é um livro incrível, surpreendente e único. Tem muitas frases adoravéis, e eu adoro livros com frases assim! E sem dúvidas, todos devem ler, tenho certeza que não vão se arrepender. 
    O que acharam? Já leram esse livro? Me contem. 
    Beijos. 

    20 de julho de 2015

    4 séries para você assistir nas férias


    Olá gente (♥). Gostaria de dizer que boa parte de vocês tem muita "sorte", hein, porque as minhas férias só são no final de julho e apenas duas semanas (é isso mesmo.) E sabem como é, terceiro ano do ensino médio, provas, trabalhos e aquelas perguntas do tipo "eaí, já sabe o que vai querer fazer?" Cara, eu só tenho 16 anos, calma aí. E ah, nessa última semana, eu e mais três colegas ganhamos como o Melhor Curta lá da escola, em um projeto que foi feito (). Mas, como o post não é sobre isso, vamos mudar de assunto, rsrs. 

    Não sabia se deixava o título assim, ou como as 4 séries que eu comecei a assistir, mas é meio óbvio, não vou indicar e opinar sobre alguma coisa que eu não sei, né?! Hahahah. E hoje eu trouxe dicas de 4 séries pra vocês aproveitarem e assistirem nessas férias (ou em qualquer ocasião.) 

    Sense8


    Confesso que acho essa série bem confusa e complicadinha. E confesso também que comecei a assistir (e soube da existência) através do Alfonso Herrera (sim, o Miguel de Rebelde), vocês sabem que eu sou fã do RBD, né, então fui logo atrás dessa série. Eu ainda não terminei toda, mas pelo pouco que vi, vale a pena. 

    Sinopse: Grupos de pessoas ao redor do mundo que estão ligadas mentalmente, e precisam achar uma maneira de sobreviver sendo caçados por aqueles que os vêem como uma ameaça para a ordem mundial. 

    2 Broke Girls 


    Acho que das 4 séries, essa é a mais conhecida, né?! Hahahah. Já queria assistir essa série faz um bom tempo e quando comecei a assistir me perguntei "por que eu não assisti antes?". Não tem um episódio em que eu não salte uma gargalhada, de tão engraçada que essa série é. Vale muito a pena. 

    Sinopse: Para pagar as contas, Max Black trabalha em dois empregos, incluindo um como garçonete de um restaurante. Caroline Channing, por sua vez, é uma riquinha mimada que, após perder todo o seu dinheiro, precisa procurar um trabalho pela primeira vez na vida. Trabalhando e morando juntas, Max e Caroline irão começar a juntar dinheiro para investir em uma loja de cupcakes.

    Misfits


    Uma das séries mais loucas e diferentes que eu já assisti. É outra série que me pegou do nada, comecei a assistir porque achei legal e tal, mas me prendi tanto aos personagens e a história, que quando acontece algumas coisas inesperadas, eu ficava tipo "MAS O QUE", ahahhaha. 

    Sinopse: Nathan, Kelly, Simon, Alisha e Curtis estão esperando que o serviço comunitário seja extremamente chato. Mas depois de uma tempestade de raios, eles descobrem que será qualquer coisa, menos entediante. Quando eles recebem estranhos poderes, os cinco adolescentes percebem que eles têm muito mais com o que se preocupar do que recolher lixo, principalmente depois de descobrirem que não são os únicos com poderes anormais. Segredos serão revelados, sentimentos trazidos à tona e relacionamentos formados e desconstruídos. Mas são apenas 12 semanas de serviço comunitário; o que é o pior que pode acontecer? 


    The Returned 


    Me interessei pela sinopse e pelo trailer. E sem dúvidas, me pegou de um jeito essa série. Lembro que assisti logo no início, e como é da Netflix, ficava toda hora atualizando lá pra ver se iria sair algum novo episódio, ahahaha fazer o que. E acabei de descobrir que ela foi cancelada, foi bom enquanto durou D: 

    Sinopse: Uma pequena cidade tem sua rotina completamente alterada quando vários residentes locais, que se imaginava terem falecido há tempos, reaparecem sem ter envelhecido um dia sequer. Sem saberem da própria fatalidade, eles tentam retomar as próprias vidas, mas estranhos fenômenos e assassinatos grotescos começam a ocorrer sem explicação. 

    Bom gente, são séries de gêneros bem diferentes que eu resolvi indicar pra vocês. Aproveitem muito essas férias, não só pra ver séries, mas pra fazer alguma coisa diferente também, sempre é bom, né?! 


    E vocês já assistiram alguma dessas séries? Quais vocês pretendem assistir nas férias? Me contem. 
    Beijos. 

    15 de julho de 2015

    Tag: De tudo um pouco


    Oi gente!! Se tem uma coisa que eu adoro, são Tags, e hoje eu vim responder uma (que já era pra ter respondido um tempinho atrás), que a Steph, do Não é Berlim e a Gabs, do Like a Gabs (obrigada meninas, de coração <3) me indicaram. E todas as ilustrações foi a Gabs quem fez <3 

    A tag foi criada pela dona do blog "Atrás da Penteadeira" e é bem legal, da pra conhecer um pouquinho mais as pessoas. Mas é claro, que como toda Tag tem suas regras, essa também tem. Vamos ver? 

    • Deve indicar 11 blogs com menos de 500 seguidores;
    • Colocar os créditos ao blog Atrás da Penteadeira;
    • Colocar o blog que te indicou.
    • Colocar o selo da Tag;
    As perguntas: 

    Sou bem eclética em relação a música, mas os meus favoritos mesmo, é o Pop, as músicas eletrônicas e gosto de algumas nacionais também. 


    Pijama conta? Hahahah se vale, é uma blusa de pijama que a minha mãe me deu, com um ursinho na frente. 



    E se eu falar que não ligo muito pra marca? Hahahah eu gosto mesmo de cores fortes, principalmente se for preto ou roxo. 



    Shorts ever. Não gosto muito de usar saia, e se eu usar alguma, é porque eu gosto (e muito!) 



    Pra mim, tanto faz. Tenho muito aquilo de "o que você se sentir melhor." E não é verdade? 



    Mil vezes sapatilha, não sou muito de salto.


    Putz, aí ferrou. Eu fico com o brigadeiro. 


    Ai, amo os dois, é que depende muito do doce ou do salgado, mas acho que vou ficar com o salgado (ou com o doce mesmo.) 



    Ixi, não tenho a miníma ideia. Emo-gótica vale? AHAHHAHA brincadeira. 


    Eu compro o básico, porque é MUITO DIFÍCIL de eu gostar de alguma coisa, principalmente se for roupa. Fico horas e horas tentando encontrar alguma roupa que eu realmente goste. Tenho muito isso de "pra que eu vou comprar se não vou usar?". 


    Sinceramente? Nem um pouco. Até minha mãe diz "nossa guria, tem que ser mais vaidosa." Mas, fazer o que se eu não ligo muito pra isso? Hahahah. Mas pra alguma festa, quem sabe ;) 

    Blogs indicados: Monotonias da Ana | Not Found | No Capricho | Thay Linhares | Prazer, Jéssica | Diários Molhados | Minha vida em 365 dias | Nostalgia Cinza | Amor e Melancia | My blank Space | E você, se quiser. 

    E é essa a Tag, gente. Legal, né? Eu adorei. Espero que vocês tenham gostado. E mais uma vez, muito obrigada, Steph e Gabs ♥ 
    O que acharam? Se identificaram com alguma coisa? 
    Beijos. 

    10 de julho de 2015

    6 pessoas para você seguir no Snapchat


    Que o SnapChat é a rede social do momento, isso todo mundo já sabe. Depois que vários famosos passaram a usar, virou uma febre. É meio complicadinho, chato no início, confesso, mas vicia, e quando vicia, meu caro, ferrou! Hahahhah brincadeira. Por isso, hoje resolvi trazer alguns snapchat de algumas pessoas bem legais e que postam sempre por lá, porque tem algumas que eu acompanho, que postam uma vez ou outra, sabe? Mas dessa vez eu trouxe algumas pessoas que estão sempre por lá. Vamos ver? 


    1. Kéfera (@keferabuchmann)
    É claro que ela não poderia faltar, né gente! Você tem que ter muita paciência quando se tem a Kéfera no Snapchat. Motivos? Ela tá sempre postando por lá, principalmente com a Vilma Tereza, na academia ouvindo música, com o Gusta ou até mesmo quando ela tá se preparando pra peça, ahahaha gosto tanto!



    2. Nah Cardoso (@heynahcardoso)  
    A Nah foi uma das primeiras (ou a primeira) personalidades que eu comecei a seguir por lá. E eu sempre achei muito legal que ela tá "nessa onda de snap" faz um tempinho já. E eu adoro conhecer ela cada dia mais e ver que ela não passa só de um rostinho bonito, sabe? Eu adoro ela e os snaps dela também. Fora que quando ela vai em algum show, quando ela tá com alguma amiga (tipo a Manu Gavassi) ela tá sempre gravando alguma coisa, ahahah ♥ 


    3. Lucas Rangel (@lucasranngel)
    Sempre gostei do Rangel, essa loucura dele contagia todo mundo, ahahahah. E ele é mais doidinho ainda no snap, tem que ver. Quando ele vai viajar, ele grava. Quando vai pra alguma festa, tira várias fotos, grava vários vídeos. Enfim. Tá sempre conectado, por isso que vale a pena adicionar ele pelo snap ;) 


    4 .Maju Trindade (@majutrindade) 
    A Maju é outra que posta tuuudo no snap. E assim, a gente pode conhecer ela um pouquinho mais e ver o quão doidinha ela é, ahahah. Adoro quando ela posta alguma coisa com o Japa, quando ela fica ouvindo as música e enlouquecendo, ahahahah ou quando ela tá dançando, e até mesmo com os irmãos (fofos) dela. É outra que prova que não é só um rostinho bonito, sabe? Hahahah. 


    5. Bruna Vieira (@BrunaDoBlog) 
    É claro que a Bru tinha que passar por aqui, né gente. Ela também é outra que tá sempre postando snap pra lá e pra cá, principalmente de comida, ahahha daí já viu, a vontade só aumenta. E adoro quando ela posta com as cachorrinhas dela, amo forte ♥ 


    6. Foquinha (@fe.catania)
    Pra quem não sabe, a Foquinha é uma jornalista da Capricho que arrasa! Fora que ela tá sempre postando snap com algum artista, de algum show que ela vai, nas festas com os artistas, sabe? Ela arrasa. 

    E um bônus é você me adicionar lá no snap, ahahahah é claro que eu ia falar isso. Me adicionem lá: aamandapaz.

    Vocês já acompanhavam algumas dessas pessoas? O que acharam? Me falem qual é o de vocês. 
    Beijos. 
    © Quebrar o Silêncio - 2016 | Todos os direitos reservados.
    Desenvolvimento por: Fairy Dream Design | Tecnologia do Blogger.
    imagem-logo